antes de ler esqueça as letras



sábado, 28 de maio de 2011

TERRA DO NUNCA

Localizada depois da falta de memória.
Ela cruzava fronteiras com o fim.
Vigiada pelos insetos.O seu chão habitava no ar.

Visitas eram constantes de pessoas que a esquecesse.
Seus vilarejos tinham a mesma idade de Deus.

Um poeta voltava sempre a cidade.Seu tempo era esquecer.
Tinha em tudo, o nada das coisas.

Nesta cidade, moravam pessoas
 que não conseguiam nascer.


homenagem ao blog 'terra do nunca'

5 comentários:

  1. Maravilha!
    Há coisas que só devem existir nessa terra!
    Bj e lindo domingo, meu querido

    ResponderExcluir
  2. Cerrei os lábios pra conter o coração...Voei tantas vezes tentando compreender os meus limites.Senti-me vencida ..Hoje, tuas palavras renasceram o vilarejo das memórias da Wendy..Sua sensililidade comoveu-me... Beijos e obrigada !!

    ResponderExcluir

em memória