antes de ler esqueça as letras



segunda-feira, 9 de maio de 2011

ESPERANDO


contei
esperando
números.

guardei
esperando
segredos.

chorei
esperando
lágrimas.

cantei
esperando
canções.

beijei
esperando
amores.

temperei
esperando
gostos.

dormi
esperando
sonhos.

olhei
esperando
visões.

atirei
esperando
alvos.

voei
esperando
asas.

pisei
esperando
passos.

saí
esperando
 lugares.

foliei
esperando
páginas.

...e respirei
esperando

inspirações       

12 comentários:

  1. Tempo o hábito de esperar palavras nunca ditas...Maravilhoso seu texto !!!..espelho..Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Poema delicioso e o final, em grande estilo!
    Adorei.

    Passei para matar saudades.
    bj

    Rossana

    ResponderExcluir
  3. lendo o poema me veio a cabeça q ele seria um belo fato, cantado por uma voz femenina

    ResponderExcluir
  4. Que lindo e delicioso ler vc, Amigo! Cada vez gosto mais!
    bj

    ResponderExcluir
  5. Li esperando reações... E a espera chegou ao fim!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  6. Embora não seja muito de esperar, achei sensacional o seu poema. Aliás, a sua página. Massa, velho!

    ResponderExcluir
  7. O tempo certo da respiração.
    Maravilhoso!
    Mt bom te ler, bjão

    ResponderExcluir
  8. ehhh
    mesmo que não admitamos, o coração sempre espera!


    bjsmeus

    ResponderExcluir
  9. Hey meu amigo, é uma bela poesia,
    o coração sempre espera a consequência do que é óbvio, mas muitas vezes nos surpreendemos com as nuances que a vida nos trás.
    Abraços,
    continue sempre com essa produção
    maravilhosa de versos.
    Esse seu conspícuo talento
    merece ser ressaltado.

    Dan

    ResponderExcluir

em memória