antes de ler esqueça as letras



domingo, 25 de setembro de 2011

VIVA LA VIDA

Pela vida passageira
que não demora tanto
Pela amizade corriqueira
de dizer eu te amo
Pela espera que não se acalma
até chegar o instante.

Pelo espaço que se vive
entre o início e o fim

Quantas
coisas
terminarão
em 
mim.

6 comentários:

  1. Um pequeno e bonito poema que diz muito em si!

    ResponderExcluir
  2. como é que eu posso sintetizar meus sentimentos num comentário ao ler isso aí? :)

    ResponderExcluir
  3. Defino como: instantes...
    Bem bolado!!
    Um abraços,

    ResponderExcluir
  4. Quantas coisas começarão em você?
    De você pra mim, de você para nenhum fim!

    Beijos.

    ResponderExcluir

em memória